Show simple item record

dc.contributor.advisorCosta, Carlos Alberto
dc.contributor.authorMigliavacca, Márcio José
dc.contributor.otherToni, Deonir De
dc.contributor.otherMilan, Gabriel
dc.contributor.otherSantini, Fernando de Oliveira
dc.date.accessioned2018-02-28T13:48:13Z
dc.date.available2018-02-28T13:48:13Z
dc.date.issued2018-02-28
dc.date.submitted2017-12-21
dc.identifier.urihttps://repositorio.ucs.br/handle/11338/3508
dc.descriptionO ambiente competitivo organizacional apresenta grande velocidade de transformação devido às pressões competitivas do mercado. Ao observar o cenário globalizado, há movimentos que surgiram do conceito indústria 4.0, proveniente de iniciativas Alemãs, que buscam ligar as tecnologias de informação ao meio industrial, sendo realizadas em países como Alemanha, França, Estados Unidos e Espanha. No Brasil, o tema indústria 4.0 vem ganhando força através de feiras especializadas em segmentos industriais. Assim, parte dos resultados do desempenho financeiro e de mercado das empresas dependem da capacidade em se diferenciar e da percepção das demandas e mudanças no ambiente que estão inseridas. Este estudo apresenta uma análise dos impactos da inovatividade do novo produto e da capacidade tecnológica sobre o desempenho financeiro e de mercado das empresas do segmento metal mecânico da região de Caxias do Sul. A partir de uma pesquisa descritiva quantitativa, por meio de um instrumento com 27 questões, foi proposto e testado um modelo teórico capaz de integrar estas dimensões na busca por um melhor entendimento. Os dados foram analisados por meio de estatísticas multivariadas, utilizando-se a Modelagem de Equações Estruturais, a qual possibilitou a execução dos testes e análises das seis hipóteses propostas nesta investigação. Das hipóteses que tratam dos impactos positivos gerados pela inovatividade da empresa sobre o novo produto, sobre a capacidade tecnológica e sobre o desempenho financeiro e de mercado, apenas a relação inovatividade e desempenho não possui impacto direto, porém apresentam relacionamento indireto através do novo produto. Dentre os demais resultados obtidos da análise das hipóteses, a relação entre a capacidade tecnológica e o novo produto não teve suporte estatístico, indo contra os autores relacionados nesta pesquisa. Entretanto a capacidade tecnológica apresentou impacto positivo sobre o desempenho financeiro e de mercado. Tais resultados permitem a discussão a cerca da capacidade da empresa de manter em funcionamento seus sistemas atuais e de se utilizar de tal capacidade para desenvolvimento de novos produtos. Por fim foi possível encontrar um coeficiente de explicação de 42,7% para o desempenho financeiro e de mercado através do modelo proposto. Tal valor é significativo ao observar que o tema é amplo e composto de várias dimensões que não fazem parte do escopo deste estudo.pt_BR
dc.description.abstractThe competitive organizational environment changes quickly, due to the competitive pressures of the market. Observing the globalized scenario, there are movements that have emerged from the concept of industry 4.0, coming from German initiatives that seek to connect information technologies to the industrial environment, being carried out in countries such as Germany, France, the United States and Spain. In Brazil, the theme industry 4.0 has been gaining strength through trade fairs specialized in industrial segments. Thus, part of the results of financial and market performance of companies depend on the ability to differentiate and the perception of the demands and changes in the environment that are inserted. This study has the purpose of analyzing the impacts of innovativeness, new product and technological capability on the financial and market performance of the companies of the metal mechanical segment of the region of Caxias do Sul. From a quantitative descriptive research, through an instrument with 27 questions, a theoretical model capable of integrating these dimensions in the search for a better understanding was proposed and tested. The data were analyzed using multivariate statistics, using the Modeling of Structural Equations, which enabled the execution of the tests and analyzes of the six hypotheses proposed in this investigation. The hypotheses that deal with the positive impacts generated by the company's innovation on the new product, on the technological capacity and on the financial and market performance, only the relation innovativeness and performance do not have direct impact, but present an indirect relationship through new product. Among the other results obtained from the analysis of the hypotheses, the relationship between the technological capability and the new product was not statistically supported, such result is against the authors related in this research. However, technological capability had a positive impact on financial and market performance. These results allow discussion about the company's capability to keep its current systems up and running and to use such capability to develop new products. Finally, it was possible to find an explanation coefficient of 42.7% for the financial and market performance through the proposed model, which is significant when observing that the theme is broad and composed of several dimensions that are not part of the scope of this studyen
dc.language.isoptpt_BR
dc.subjectProdutos novospt_BR
dc.subjectDesenvolvimento organizacionalpt_BR
dc.subjectInovações tecnológicaspt_BR
dc.subjectNew productsen
dc.subjectOrganizational changeen
dc.subjectTechnological innovationsen
dc.titleImpactos da inovatividade, da inovação de produto e da capacidade tecnológica no desempenho organizacionalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade de Caxias do Sulpt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/2182232454402162pt_BR
mtd2-br.author.lattesMIGLIAVACCA, M. J.pt_BR
mtd2-br.program.namePrograma de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record