Show simple item record

dc.contributor.advisorRadunz, Roberto
dc.contributor.authorBosi, Ricardo
dc.contributor.otherLia, Cristine Fortes
dc.contributor.otherPiccinini, Lívia Teresinha Salomão
dc.date.accessioned2019-03-22T17:36:32Z
dc.date.available2019-03-22T17:36:32Z
dc.date.issued2019-03-22
dc.date.submitted2018-11-23
dc.identifier.urihttps://repositorio.ucs.br/11338/4450
dc.descriptionNo início da colonização da cidade de Caxias do Sul em 1875, o traçado urbano foi definido de acordo com o modelo utilizado na maioria das colonizações de origem italiana. Com essa base formada, muitos aspectos foram importantes para o desenvolvimento do território. Suas ruas, suas praças e parques, as microrregiões, os espaços abertos e fechados, a forma de ocupação destes espaços pelos indivíduos e a maneira como culturalmente formaram-se as identidades, individuais e coletivas fizeram parte desse processo. Com o rápido crescimento populacional e como consequência a expansão territorial, a falta de parâmetros que regulasse o uso do solo e as edificações fez surgir a necessidade do desenvolvimento de um plano diretor e de uma legislação que atendesse o novo plano em 1953, sendo essa normatização o principal objeto deste estudo.A pesquisa busca a análise e a problematização das situações, das causas e dos fatos relevantes que foram determinantes para que a cidade de Caxias do Sul tenha se desenvolvido da maneira que aconteceu desde a implantação inicial, passando pelo comércio, pela produção agrícola e pelo desenvolvimento industrial. Há a necessidade de inclusão, na história de Caxias, desses processos que tratam essa dissertação para que possam ser apropriadas como suporte histórico pelos professores e pesquisadores que procuram entender a lógica da cidade.pt_BR
dc.description.abstractAt the start of Caxias do Sul ’s city settlement in 1875, the urban layout was defined according to the model used in most of the Italian colonization, knowing this, many aspects were considered to develop the territory. Its streets, parks and squares, microregions, open and closed spaces, the way some people occupy these areas and how some people were culturally developed, were all part of the process. With the fast growth of the population and as a result its territorial expansion, the lack of parameters that regulated the use of the land and buildings, brought about the need to develop a master plan and a law that would meet the new plan in 1953. And this standardization is the key object of this study. The study intends to analyze and discuss the different situations, the causes and relevant facts that were determinant for the city of Caxias do Sul to have developed in the way that it happened from the initial implantation, through trade, agricultural production and industrial development. There is a need for this study to be included in the history of Caxias do Sul, so that teachers and researches, who seek to understand the development of the city, use this material as a historical support.en
dc.language.isoptpt_BR
dc.subjectUrbanização - Caxias do Sul (RS) - Históriapt_BR
dc.subjectCaxias do Sul (RS) - Colonizaçãopt_BR
dc.subjectUrbanization - Caxias do Sul (Brazil) - Historyen
dc.subjectCaxias do Sul (Brazil) - Colonizationen
dc.title"Terras que o tempo converterá em ouro": estudo histórico-urbanístico da legislação e o plano diretor de Caxias do Sul - 1953pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade de Caxias do Sulpt_BR
mtd2-br.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/7862870732352712pt_BR
mtd2-br.author.lattesBOSI, R.pt_BR
mtd2-br.program.namePrograma de Pós-Graduação em Históriapt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record