Show simple item record

dc.contributor.advisorMargutti, Karen Mello de Mattos
dc.contributor.authorMaceda, Priscila de Lima
dc.contributor.authorBasso, Cristiana
dc.contributor.otherSantos, Pâmela Antoniazzi dos
dc.contributor.otherChilanti, Gabriela
dc.date.accessioned2018-12-18T12:02:57Z
dc.date.available2018-12-18T12:02:57Z
dc.date.issued2018-12-13
dc.date.submitted2018-11-29
dc.identifier.urihttps://repositorio.ucs.br/11338/4202
dc.descriptionObjetivo: verificar por meio de uma revisão sistemática o processo de boas práticas de manipulação de alimentos em restaurantes no Brasil. Método: Estudo de revisão sistemática. A busca de dados ocorreu de agosto a outubro de 2018 nas bases de dados Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs) e Pubmed. Foram utilizados os descritores do Medical Subject Headings (Mesh): good manipulation practices; food handling e restaurants combinados com o boleador AND. Foram inclusos artigos originais em português e inglês publicados nos últimos dez anos que avaliaram boas práticas de manipulação em alimentos em restaurante. Os dados selecionados foram extraídos e alocados em uma planilha do programa Microsoft Excel® versão 97-2003. Resultados: Foram encontrados 18 artigos. Destes somente quatro foram incluídos na revisão. A média de conformidade foi de 50% e os menores índices de adequação foram observados nas categorias relacionadas a documentação, registro e conhecimento insuficiente das boas práticas de manipulação de alimentos. A atuação do nutricionista mostrou melhora no processo de boas práticas. Conclusões: Verificou-se a fragilidade dos restaurantes em relação as boas práticas de manipulação de alimentos e o baixo compromtimento dos manipuladores. É relevante o papel do nutricionista para o satisfatório controle higiênico-sanitário dos estabelecimentos (sic).pt_BR
dc.description.abstractObjective: to verify through a systematic review the process of good food handling practices in restaurants in Brazil. Method: Systematic review study. The data search occurred from August to October 2018 in the Latin American and Caribbean databases on Health Sciences (Lilacs) and Pubmed. The descriptors of Medical Subject Headings (Mesh) were used: good manipulation practices; food handling and restaurants combined with the AND ball. We included original articles in Portuguese and English published in the last ten years that evaluated good food handling practices in a restaurant. The selected data was extracted and placed in a Microsoft Excel® spreadsheet version 97-2003. Results: 18 items found. Of these, only four were included in the review. The average compliance rate was 50% and the lowest compliance rates were observed in the categories related to documentation, registration and insufficient knowledge of good food handling practices. The performance of the nutritionist showed improvement in the process of good practices. Conclusions: The fragility of the restaurants was verified in relation to the good practices of food handling and the low commitment of the manipulators. The role of the nutritionist for the satisfactory hygienic-sanitary control of the establishments is relevant (sic).pt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.subjectAlimentos - Manuseiopt_BR
dc.subjectRestaurantespt_BR
dc.titleBoas práticas de manipulação de alimentos em restaurantes no Brasil: uma revisão sistemáticapt_BR
dc.typeTCCpt_BR
mtd2-br.advisor.instituationUniversidade de Caxias do Sulpt_BR
mtd2-br.program.nameBacharelado em Nutriçãopt_BR
mtd2-br.campusCampus Universitário de Caxias do Sulpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record